O Home Office e a falsa sensação de segurança

O Home Office e a falsa sensação de segurança

O Home Office e a falsa sensação de segurança
Você está andando despreocupadamente, se achando seguro, quando de repente …

O home office é a solução para todas as ameaças ou riscos na eventualidade da indisponibilidade do local primário de trabalho ou o home office transmite uma falsa sensação de segurança?

A prolongada quarentena da covid-19 obrigou que até mesmo as organizações mais relutantes utilizassem o home office.   Certamente o home office é uma boa alternativa como local alternativo de trabalho na eventualidade do local de trabalho primário ficar indisponível.   Já abordamos esta estratégia em https://strohlbrasil.com.br/home-office-e-a-solucao-para-a-contingencia/ e https://strohlbrasil.com.br/5-pontos-de-atencao-para-o-home-office-eficaz/

Baseada na experiência da quarentena da covid-19 muitas empresas com a visão astigmática de que é plenamente possível operar por longos períodos em home office desativaram os seus espaços de contingência, cancelaram os contratos de prestação de serviços etc. ficando o home office como sendo a única alternativa e com isto transmitindo uma falsa sensação de segurança.

Mas, se o home office é uma boa alternativa porque a falsa sensação de segurança?

Vejamos:

1 – Qual será a política de local de trabalho pós quarentena?

As empresas ainda estão fazendo pesquisas (https://forbes.com.br/carreira/2020/10/pesquisa-revela-que-52-dos-profissionais-estao-dispostos-a-trocar-de-emprego-para-manter-o-home-office/) para definir as políticas de local trabalho pós quarentena da covid-19.   Pelas nossas observações temos basicamente quatro cenários:

  • Home based: as equipes continuarão trabalhando definitivamente em home office com uma ida a empresa uma vez por semana ou a cada quinze dias para reuniões de avalição de desempenho, basicamente. Neste cenário, assumindo uma distribuição uniforme ao longo da semana, teremos algo próximo a 80% da força de trabalho fora do local de trabalho portanto uma estratégia bastante resiliente.
  • Flex: os colaboradores poderão praticar o home office duas ou três vezes por semana ao seu melhor critério. Neste cenário sem uma distribuição uniforme e assumindo que não haveria mais espaço suficiente para todos no local de trabalho poderemos ter algo em torno de 10% a uns 25% – 30% no máximo da força de trabalho fora do local de trabalho portanto uma estratégia pouco resiliente.
  • BAU: “business as usual” pré quarentena ou 100% dos colaboradores de volta ao local de trabalho. Uma estratégia quase nada resiliente.
  • Mista: A depender da natureza e porte da organização potencialmente serão utilizadas combinações destas estratégias por exemplo: call center em home based, colaboradores de escritório em modo flex, colaboradores dependentes de determinadas infraestruturas em BAU, mesas de operações financeiras por exemplo.

Portanto, a visão simplista que o home office é a solução definitiva transmite a falsa sensação de segurança que poderá ser maior ou menor a depender da política de local de trabalho a ser implantada pós pandemia.

2 – Equipamentos de trabalho e outras infraestruturas

Com a determinação das autoridades da prática do local de trabalho com um certo prazo para a sua execução foi possível o transporte ordenado (em alguns casos nem tanto) dos equipamentos necessários para a operação em home office.

Quem tinha computador portátil levou para casa, outros foram autorizados a transportar seus desktops, multifuncionais etc. uma situação totalmente diferente de quando temos que sair rapidamente do local de trabalho devido a uma emergência.   Neste cenário de emergência devemos considerar, também, que documentos, celulares e outros itens pessoais não serão transportados, até mesmo os veículos estacionados poderão ficar retidos por muitos dias talvez definitivamente.

É fácil perceber que estamos comparando dois cenários bastante diferentes, o primeiro com alguns dias e o segundo com alguns minutos para a sua execução.

Some-se esta situação com as (in)definições da política de local de trabalho e temos a falsa sensação de segurança significativamente ampliada.

3 – Acessos remotos não tão remotos assim

Muitas empresas optaram por não autorizar o transporte de desktops para o home office do colaborador.   Para viabilizar o acesso remoto estão utilizando uma VPN ou outro mecanismo de forma a conectar o computador pessoal do colaborador ao desktop no local de trabalho.   Chamar isto de home office é “fake news”.   O colaborador só não está fisicamente na sua estação de trabalho pois se seu desktop, infraestrutura ou local de trabalho ficar indisponível o colaborador não poderá operar, diferente de quem tem o computador portátil corporativo com acesso de fato remoto aos serviços de TI da organização.

4 – A falsa sensação de segurança

Como exposto, a combinação destas situações implica em graves ameaças e riscos potenciais além da falsa sensação de segurança de que o home office resolve todos os problemas na eventualidade do local de trabalho primário ficar indisponível.

Sabendo de tudo isto você manteria a decisão de não ter mais local alternativo de trabalho?

Quer saber mais sobre Planos de Contingência ou Continuidade de Negócios, de Recuperação de Desastres (Disaster Recovery) ou Resiliência Operacional que incluem incidentes de segurança da informação, ransomware etc.?   Por favor preencha o formulário abaixo e entraremos em contato.

Compartilhe este Artigo

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos Aparentemente neste período de quarentena houve um aumento significativo de ataques cibernéticos às organizações.   Pode ser somente um

Apetite ao Risco

Apetite ao Risco Introdução Um dos pilares da Continuidade de Negócios (BC) e da Recuperação de Desastres (DR) é o Apetite ao Risco. É baseado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência para nossos usuários. Ao continuar a navegação neste site, você estará de acordo com os cookies que estão sendo utilizados. Se quiser saber mais sobre nossa política de cookies, clique aqui.