Etapas da GCN

etapas da gcnAs principais etapas da GCN – Gestão da Continuidade de Negócios – a serem executadas num processo de melhoria contínua – PDCA – são:

Avaliação de Riscos:

Objetiva identificar, para posteriormente mitigar, os principais riscos que podem provocar um incidente de interrupção em 5 grandes grupos:

  • Infraestrutura predial;
  • Tecnologia da Informação e Comunicação;
  • Segurança da Informação;
  • Força de Trabalho – Colaboradores;
  • Parceiros Comerciais e Fornecedores.

Saiba mais […]

Análise de Impacto nos Negócios:

Objetiva quantificar os impactos decorrentes de uma interrupção significativa – incidente de interrupção – nos produtos, serviços ou processos da organização a partir das melhores estimativas fornecidas pelos gestores de negócios responsáveis.   Impactos podem ser:

  • Financeiros: perdas de venda, multas, impacto no fluxo de caixa etc.
  • Operacionais: danos à imagem, perda de market share, acúmulo de serviço etc.
  • Regulatórios: descumprimento de leis, regulamentações ou contratos.

Nesta etapa também serão quantificados o MTPD, MBCO, RTOs e RPOs.

Saiba mais […]

Entenda o significado de MTPD, MBCO, RTO e RPO neste vídeo de pouco mais de 6 minutos.

Estratégia de Continuidade de Negócios

Objetiva desenvolver, implantar e/ou atualizar, se já houver, uma infraestrutura mínima de recursos – humanos, tecnológicos e de escritório – para reiniciar e recuperar os produtos, serviços ou processos críticos da organização nos níveis de serviço definidos pela Alta Direção – MTPD, MBCO, RTOs e RPOs – vis a vis o Apetite a Risco a ser tomado.

No mercado financeiro e segurador a GCN é um requisito regulatório que afeta diretamente o capital de risco a ser alocado.

Saiba mais […]

Procedimentos de Continuidade de Negócios

Normalmente estes procedimentos são conhecidos como Planos de Contingência ou de Continuidade de Negócios para as áreas de negócios ou de Recuperação de Desastres para a áreas de tecnologia da informação e comunicação.

Basicamente, são documentos contendo um conjunto de informações devidamente compiladas, consistidas e estruturadas que descrevem operacionalmente como cada produto, serviço ou processo crítico será reiniciado e recuperado num local alternativo conforme a Estratégia de Continuidade de Negócios estabelecida.

Não ter estes procedimentos documentados é o mesmo que não tê-los.

Saiba mais […]

Exercícios e Testes

As infraestruturas de continuidade de negócios – Estratégia – desenvolvidas e implantadas, os procedimentos de continuidade de negócios e os colaboradores participantes precisam ser periodicamente exercitados, testados e treinados a fim de identificar pontos de atenção e oportunidades de melhoria.

Os exercícios e testes, assim como todo o ciclo da GCN devem seguir um modelo de melhoria contínua – PDCA.

Saiba mais […]

Quer saber mais sobre as etapas da GCN?   Por favor, preencha o formulário abaixo.