Cyber, Cloud & Continuity no Mercado Financeiro

Cyber, Cloud & Continuity no Mercado Financeiro

Neste webinar Cyber, Cloud & Continuity no Mercado Financeiro  abordaremos a preocupação cada vez maior no Brasil e no mundo com as consequências potenciais dos crimes cibernéticos.   De vazamentos de dados a invasões, de ransomwares (assunto abordado no post Wanna Cry 3.0 – Prevenir ou Chorar?) a ataques em massa.   A capacidade dos cybercriminosos parece ilimitada e, como todos os criminosos, estão sempre pelo menos um passo a frente dos mecanismos de proteção.

Os riscos potenciais são ainda maiores com o aumento da utilização dos serviços em nuvem – CLOUD – onde parte, senão toda, a infraestrutura de segurança está nas mãos de terceiros.

E neste cenário, cada dia mais desafiador, ainda temos que incluir a Continuidade, tanto dos Negócios numa situação de indisponibilidade cibernética, como da Segurança da Informação como previsto na ISO 27001.

Para tentar mitigar estas ameaças o Banco Central do Brasil – BACEN – divulgou a Resolução 4.658 de 26/04/18 que “dispõe sobre a política de segurança cibernética e sobre os requisitos para a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem a serem observados pelas instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil.”

No próximo dia 05/06 das 18:00 às 19:00 hsFernando C. CorreaKleber Melo e eu, Sidney R. Modenesi faremos um webinar onde discutiremos esta resolução e estratégias para a sua implantação com a sua participação.   Convide os seus pares e não deixe de participar.

Compartilhe este Artigo

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos Aparentemente neste período de quarentena houve um aumento significativo de ataques cibernéticos às organizações.   Pode ser somente um

Apetite ao Risco

Apetite ao Risco Introdução Um dos pilares da Continuidade de Negócios (BC) e da Recuperação de Desastres (DR) é o Apetite ao Risco. É baseado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência para nossos usuários. Ao continuar a navegação neste site, você estará de acordo com os cookies que estão sendo utilizados. Se quiser saber mais sobre nossa política de cookies, clique aqui.