Como se preparar para a BIA

Como se preparar para a BIA.

Como se preparar para a BIA.

Uma Análise de Impacto nos Negócios – BIA – bem conduzida e executada é fundamental para a eficácia e qualidade de todo o Programa de Continuidade de Negócios.

É na BIA que serão quantificados: o MTPD, MBCO, RTOs, RPOs; os impactos: regulatórios, operacionais e financeiros; a quantidade mínima de recursos: humanos, tecnológicos e outras infraestruturas etc.

Impactos subestimados ou não considerados implicarão em Estratégias de Recuperação ineficientes enquanto MTPD, RTOs e RPOs de duração muito curta, ou MBCO muito grande, ou ainda impactos superestimados implicarão em Estratégias de Recuperação inviáveis tanto financeira (CAPEX e OPEX) como operacionalmente.

Assim, é necessária uma adequada preparação para condução da BIA de forma a mitigar estes riscos.

Quer saber como se preparar para a BIA?   Neste vídeo de pouco mais de 20 minutos explicamos.   Assista, comente e não deixe de compartilhar.

Este tema sugerido por Juliano Dapper, Analista de Risco Operacional e GCN na Ticket Log

Quer saber mais sobre os nossos serviços e cursos de Continuidade de Negócios?   Por favor preencha o formulário abaixo.

Compartilhe este Artigo

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos

3 Usos da BIA nos Ataques Cibernéticos Aparentemente neste período de quarentena houve um aumento significativo de ataques cibernéticos às organizações.   Pode ser somente um

Apetite ao Risco

Apetite ao Risco Introdução Um dos pilares da Continuidade de Negócios (BC) e da Recuperação de Desastres (DR) é o Apetite ao Risco. É baseado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência para nossos usuários. Ao continuar a navegação neste site, você estará de acordo com os cookies que estão sendo utilizados. Se quiser saber mais sobre nossa política de cookies, clique aqui.