Ataque cibernético no Banco do Chile provoca perdas de $10 milhões

Ataque cibernético no Banco do Chile

Um ataque cibernético no Banco do Chile que ocorreu no dia 24/05/18 aparentemente com o objetivo de dissimular um ataque ao sistema SWIFT de transferências bancárias provocou perdas assumidas de pelo menos $10 milhões.

Dez dias antes do ataque cibernético no Banco do Chile o Banco do México sofreu mais um ataque, o quinto somente no mês de maio/18.

No dia 26/04/18 o Banco Central do Brasil – BACEN – divulgou a RESOLUÇÃO Nº 4.658 que “dispõe sobre a política de segurança cibernética e sobre os requisitos para a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem a serem observados pelas instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil”.

Nos dias 12 a 14/06/18 a STROHL Brasil participou do CIAB 2018 FEBRABAN – Congresso de tecnologia da informação para instituições financeiras.   Para todas as pessoas que visitavam o nosso stand ou encontrávamos no congresso, instituições financeiras ou provedores de serviços, perguntávamos sobre o conhecimento da RESOLUÇÃO Nº 4.658.   O resultado é, no mínimo, preocupante.   Somente UM profissional afirmou ter conhecimento desta resolução e de seus prazos, curtos, de implantação.

Além de vários parágrafos específicos para segurança cibernética e para a contratação de serviços de processamento e armazenamento de dados e de computação em nuvem esta resolução inclui, também, vários requisitos de CONTINUIDADE DE NEGÓCIOS.

Saiba mais sobre esta resolução no vídeo “Webinar Cyber, Cloud & Continuity no Mercado Financeiro“.

Para saber mais sobre estes ataques pesquise por “bank of chile attack” no mecanismo de busca do seu browser.

Compartilhe este Artigo

Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Artigos Relacionados

Explosão no Líbano e Resiliência

Explosão no Líbano e a Resiliência das Sociedades Histórico Terça-feira – 04/08/20: duas explosões (vamos nos referir como uma só), sendo a segunda de maior

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza cookies para proporcionar uma melhor experiência para nossos usuários. Ao continuar a navegação neste site, você estará de acordo com os cookies que estão sendo utilizados. Se quiser saber mais sobre nossa política de cookies, clique aqui.