A Resiliência no CIAB FEBRABAN 2019

A Resiliência no CIAB FEBRABAN 2019

A Resiliência no CIAB FEBRABAN 2019

Ontem foi o primeiro dia do CIAB FEBRABAN 2019 o “Maior Evento de TI Para o Setor Financeiro da América Latina” conforme promovido no site do evento (https://ciab.com.br/).   Uma boa oportunidade de rever velhos contatos, bater bons papos descontraídos nos “happy hours” e conhecer o que poderá acontecer no mercado num futuro próximo.

Sem dúvida um grande evento com 10 trilhas de palestras (https://ciab.com.br/pt/congresso#programacao): tendências tecnológicas, fintechs & startups, regulação, serviços de tecnologia, meios de pagamento, seguros, futurismo & comportamento, segurança & cybersecurity, jornada do cliente e blockchain.

Muitas palestras remetem à vários tipos de riscos: das novas tecnologias, dos novos paradigmas de negócios, da segurança e da cybersegurança, GDPR e LGPD etc. mas e sobre resiliência, continuidade de negócios e recuperação de desastres?

Ontem não houve nenhuma palestra e analisando a programação completa não haverá nenhuma palestra específica sobre estes temas.

Para mercados tão regulados como o mercado financeiro – veja algumas destas regulamentações em https://strohlbrasil.com.br/regulamentacoes-normas-e-boas-praticas/ – não ter pelo menos uma palestra com uma visão holística de resiliência neste novo mundo de tantas incertezas ou é um gap na grade de palestras, ou um indicador da prioridade que este assunto é tratado nestes mercados ou ambos, isto é, como é um assunto com baixa prioridade não justifica pelo menos uma palestra específica.

Visitando os stands dos patrocinadores muitos dizem que tem soluções para “resolver” os problemas de resiliência, continuidade de negócios e recuperação de desastres o que mostra, no mínimo, um conhecimento “WhatsApp Deep” do tema.   Nenhum fornecedor por maior que seja tem a solução completa pois o aumento da resiliência implica na existência e aperfeiçoamento de várias infraestruturas: tecnologia e segurança da informação, melhoria nos sistemas de gestão e processos, locais de trabalho etc. que dependem de vários tipos e qualificações de fornecedores.   Temos vários posts no nosso BLOG abordando diferentes aspectos da Resiliência em diferentes escopos.

A Resiliência só é lembrada quando acontece alguma indisponibilidade ou desastre mas passado algum tempo é o famoso “vida que segue” e muito pouco ou nada é feito.

A resiliência precisa ser bastante resiliente para evoluir no Brasil.

Quer trocar uma ideia sobre estes temas?   Agende um bate papo descontraído o CIAB FEBRABAN 2019 com o nosso consultor líder Sidney R. Modenesi, MBCI pelo e-mail [email protected]